Planear um site é essencial para qualquer empresa e negócio, infelizmente uma má planificação ou a falta total da mesma é onde começa o insucesso de um website empresarial.

Planear a criação de um site é tão importante como qualquer outro processo associado a negócios. Se pensas que criar um site não carece de planeamento então imagina fazer um bolo sem receita sendo que a receita é o planeamento e por consequência o bolo é o site, e sem receita… e pelo menos comigo a coisa corre mesmo muito mal 🙂

vamos planear um site no seguinte cenário;

  • A Catarina trabalhou numa loja de animais e está no momento em formação para auxiliar de Veterinário.
  • Quer partilhar o seu conhecimento e experiência com outras pessoas e promover a venda de rações caseiras para cães que ela mesmo produz.
  • Ainda não tem nome para este projecto e para já a ideia é vender apenas na zona onde reside e arredores.

Organizar visualmente o planeamento do site

Organizar visualmente o plano de criação do site permite detectar facilmente possíveis erros na projecção.

Pode ser criado em papel, com post-it, num quadro branco, com software ou outra qualquer forma que vos seja mais confortável.

Poderão testar o Lucidchart ou o SkecthBoard (ambos com uma versão gratuita) para criarem o sitemap tipo organograma ou usar mesmo o Excel ou Google Sheet e assim obterem um planeamento visual do site.

planear um site sitemap


Para ajudar no planeamento podem descarregar este ficheiro totalmente GRATUITO que poderão usar com Excel ou Google Sheet.

[download_after_email id=7243]


Definir objectivos para o nosso site

Definir o objectivo de cada site é alinhar toda a informação de forma lógica, cada site deve estar em consonância com o negócio. 

Um site de apresentação tem o objectivo de apresentar serviços de forma simples e acima de tudo rápida, se o objectivo é a captação de leads então será necessário conseguir informações dos visitantes oferecendo algo em troca, ou uma loja online que pretende vender produtos o objectivo é que o utilizador complete a compra e forneça dados para futura publicidade.

Apesar do site da Catarina ter como objectivo principal a venda caseira de rações, ela também pretende partilhar experiências e assim possibilitando como resultado futuros contactos. 

Uma boa forma de conseguir um bom alinhamento é conseguir descrever o objectivo numa síntese. Isto vai-vos fazer pensar em diversos aspectos do vosso negócio e dai virão também algumas boas ideias.

Exemplo prático

Apaixonada por animais, principalmente por cães, com vontade de aprender mais e ensinar com as experiências obtidas procurando formas alternativas de interacção com estes seres criando uma alimentação natural que melhor se adapta ao sistema digestivo do cão.

Nota: 
Antes de prosseguir, reforço que pouco ou nada entendo de animais servindo esta informação apenas e só como exemplo. Fica aqui a nota antes de ser processado 🙂

Vamos definir os seguintes pontos com o exemplo do site da Catarina.

Qual é o objectivo final do site?

Vender ração para cães com foco no facto de esta ração ser natural e partilhar experiências possibilitando a venda de formação.

Quem são as pessoas que podem ter interesse em visitar o nosso site?

De forma resumida são pessoas que gostam e têm animais de preferência cães… Este ponto deverá ser mais desenvolvido, imaginem que em vez de um site têm uma loja, que tipo de pessoa entraria nela?

Gostar de animais é muito genérico e gostar mais de cães é ainda mais, sendo assim importantíssimo criar uma persona …

A Catarina precisa de personificar o seu cliente, traçar o perfil como idade, sexo, estatuto social… tendo como resultado a informação suficiente para a criação de conteúdo válido destinado a esta persona

Por exemplo, será que os textos serão mais ou menos formais, que palette de cores deve usar, qual a fonte que melhor se adapta ao site, com que tipo de imagens a sua persona se identificará mais, por ai.

Onde queremos vender os nossos produtos anunciados no site?

Na nossa zona geográfica, ou seja no Destrito ou Concelho onde a Catarina reside.

O nosso site vai ser um blog, loja online ou ambos?

Visto serem poucos artigos será uma versão mista de blog com algumas páginas para os artigos

Qual é o melhor processo para vender o nosso serviço online?

Partilha de artigos relacionados e promoção de produtos nas redes sociais

Agora temos uma ideia do que queremos e podemos dar inicio ao processo de planeamento do site.

Vamos lá começar pelo início…

Vamos pesquisar os sites concorrentes?

Pode parecer até mal andar a cuscar a concorrência mas é também um processo normal.

Saber o que outros sites no nosso nicho fazem irá ajudar a Catarina a melhorar os seus serviços e por consequência aumentar a visibilidade do site. 

Antes de mais preciso de descobrir quem são os concorrentes do nosso site e para isso vou recorrer ao Google.

  • Dentro da caixa de pesquisa do Google escrevo a palavra-chave do nosso site – tudo sobre cães em portugal
  • Retiro dos resultados os sites com anúncio e websites genéricos como associações….
  • Adiciono o nome dos primeiros 5 sites na lista
  • Visitamos cada um dos sites e retiro as informações necessárias

Alguns pormenores a ter em conta são;

Experiência do utilizador ou seja a forma como navegam no site concorrente
Verificar páginas que mais gostam, para isso basta copiarem e colar no Google para verificar como se posicionam no Rank
Como se processa a compra de um produto nesse site?
Quais são as palavras chave que usam, e para descobrir isso podem usar uma extensão do chrome “Keywords Everywhere – Keyword Tool“.#keyword finder

descobrir keyword concorrentes

Definir as páginas a serem criadas

Cada página deverá ter um propósito mais definido no caminho do objectivo final, por essa razão é imperativo definir a intenção de cada página que exista no site.

Não definir cada página de forma isolada irá reduzir toda a mecânica do site criando uma experiência confusa a quem visita este site.

As páginas a criar serão disponibilizadas através de links que poderão estar no menu, footer (rodapé) ou outro qualquer espaço no site.

O menu (normalmente na parte superior do site) contém as páginas que já nos habituamos a ver quando visitamos qualquer site, no entanto podem usar a estratégia de link e menu que acharem melhor.

As páginas a criar no menu do site

página inicial,

Esta página por norma dá-nos uma ideia da informação que podemos consultar no site, são tópicos com links para outras páginas.

Quem somos

Uma página que apresenta a Catarina, criadora de rações para animais… e um pouco mais da sua história. Serve para passar confiança ao visitante e associar um rosto ao site.

Loja online

Isto não será uma página tradicional mas sim a nossa loja online que será gerida de forma automática pelo plugin WooCommerce.

Blog

Está página será onde irão aparecer todos os artigos criados pela Catarina partilhando a sua experiência com os animais.


Planeamento do vosso site totalmente gratuito

Se a confusão se instalou e acham tudo isto muito confuso eu posso ajudar e para isso basta que sigam o link e preencham o formulário.
Envio de seguida algumas opiniões de como poderão planear e criar o vosso site da melhor forma possível.


As páginas a criar no menu do Footer (rodapé)

Este menu deve conter todas as informações necessárias á conformidade legal do nosso site, não é tanto que páginas (normalmente em formato de artigo) criar mas o texto em si.

As páginas que terão que constar obrigatoriamente de todos os sites são “Política de Privacidade” “Termos de Utilização” ” Cookies” “Litígio“…

e estas serão as páginas que irei criar para este exemplo mas dependendo dos negócio muitas outras poderão ser criadas como as seguintes; Portfolio; Clientes; Contactos; etc…

Desta forma. planear as páginas a serem criadas no site é também pensar na experiência do visitante, um dos motivos pelo qual tantos sites usam o menu tradicional é o facto dos visitantes estarem habituados a este modelo. 

Por outro lado os visitantes procuram mais do que nunca experiências diferentes e encontrar modelos diferentes poderá marcar a diferença se planeado correctamente.

Definir as palavras-chave para o site

Este é um passo importante no planeamento do site, temos que descobrir que palavras chave se alinham com o nosso objectivo.

Palavras-chave são palavras (keywords) ou frases (long tail keywords) que são usadas nos motores de pesquisa como o Google quando as pessoas pesquisam algo.

Podem pensar nestas palavras como directrizes do google para indicar o site que melhor se adapte ao que o utilizador procura.

Vamos definir no nosso site uma palavra-chave para cada página, artigo e produtos.

  • Página inicial – tudo sobre cães em portugal
  • Quem sou – Apaixonada por animais
  • Loja – alimentação natural para cães
  • Blog – Alimentar e tratar de animais

Uma boa forma de tentarem encontrar a melhor palavra chave e seguirem o seguinte processo que vamos testar com a nossa palavra chave da homepage.copiamos a palavra chave tudo sobre cães em portugal para o Google e verificamos os resultados;

pesquisar palavra chave no google

de seguida alteramos essa palavra chave no Google e voltamos a verificar, e assim ajustamos a nossa palavra chave aos resultados pelos quais pretendemos ser encontrados.

pesquisar palavra chave no google 2

Criar Títulos e Descrições das páginas do site

A pior promoção é a não promoção mas a melhor é a orgânica... 

Cada página do site da Catarina irá necessitar de um TÍTULO e DESCRIÇÃO que irão aparecer nos resultados das pesquisas do Google.

Quanto mais apelativo esta informação for maior a probabilidade do utilizador clicar e entrar no site.

O Título não deverá conter entre 50 e 60 caracteres e a descrição não exceder os 150 caracteres, sendo que um “espaço” conta como caracteres.

Definir o orçamento

O site da Catarina é o início do seu negócio, logo tem um orçamento limitado, no entanto se limitar o orçamento no alojamento arrisca a acabar com um site lento e inseguro.

Um site lento é um site marcado para o insucesso e mesmo que todo o SEO seja previamente bem definido parte da rapidez do seu site depende o alojamento.

Comprar o plano mais baixo disponibilizado pelo alojamento pode ser uma forma de reduzir os custos, mas os planos mais baixos não limitam apenas o espaço mas também o processamento, banda larga e memória o que irá influenciar a velocidade do site.

Tentem um meio termo, um plano que não seja demasiado caro mas que não limite gravemente o funcionamento do site.

Um planeamento de conteúdo

O conteúdo é o que fará o site da Catarina funcionar e acima de tudo ganhar um posição orgânica no Google, e quanto melhor o conteúdo melhor posição irá ganhar no rank de qualquer motor de pesquisa.

Por exemplo, se optarem por incluir um blog mas quando o vosso visitante entrar e não houver qualquer artigo publicado, que ideia acham que estão a passar?

Imagens

Optem sempre que possível por serem autores das vossas imagens, se não houver budget para uma câmara fotográfica usem os vossos smartphones com a maior resolução possível para depois poderem editar e recortar sem perder grande qualidade.

Artigos para o Blog

Se possível criem alguns artigos antes de publicar o site,quem visita não sabe quando o site foi publicado online e não ter nada no Blog é uma péssima alternativa.

Newsletter

Se pretender enviar novidades periodicamente aos vossos utilizadores preparem antecipadamente uma lista para o efeito usando o serviço da Mailchimp por exemplo.

Formulários

A Catarina tem que pensar que dados precisa de recolher e não solicitar dados dos utilizadores que não sejam necessários.

Como o site do nosso exemplo é uma loja online e tem um formulário de checkout durante a compra, apenas será necessário um formulário de contactos solicitando nome, contacto e email.

Não se esqueçam que todos os dados solicitados devem ser mencionados na política de privacidade…. RGPD pessoal, RGPD.

DOMÍNIO E ALOJAMENTO

Criar e registar um domínio

Para que seja possível o nosso site ser visitado teremos que ter um domínio que o nome usado para entrar no nosso site, como raulcnsilva.com.

Definimos nos objectivos que o nome pretendido seria Amor de Cão e que queremos vender na nossa área geográfica, por estas razões o domínio pretendido será amordecao.pt.

Podem sempre criar e comprar mais do que um domínio como amordecao.pt e amordecao.com…. mas não vamos complicar.

Para adquirir um domínio .PT podemos fazê-lo directamente no DNS.PT, identidade responsável por todos os domínio de extensão .PT ou adquirir a quando da compra do alojamento, o que me parece muito mais simples neste exemplo, portanto iremos deixar a compra do domínio para o quando adquirir o alojamento. 

Escolher o CMS (Alojamento)

CMS é a sigla para Content Management System, traduzindo é Sistema Gestor de Conteúdo e tem como objectivo facilitar toda a criação do site e é responsável por gerir os conteúdos armazenados e por essa razão é importante escolher o que melhor se adapte ao nosso conteúdo e se sinta confortável ao editar

A melhor opção na maioria dos casos é o WordPress.

O WordPress consegue gerir facilmente um blog com uma loja online sem problemas. No nosso exemplo necessitamos de criar um site com um blog para adicionar as nossas publicações e uma loja online para a venda dos produtos, e para isso vamos usar o WordPress.

O WordPress reina pela simplicidade na gestão, sejam artigos ou produtos, e plugins disponíveis que facilitam muitas das tarefas necessárias na criação do nosso site.

Business vector created by freepik – www.freepik.com

This Post Has One Comment

  1. catarina

    Boa noite Sr. Raul,

    Estou a tentar planificar o meu site como sugeriu, usei a plataforma Sketchboard (otima sugestao, é bastante intuitiva e pratica para usar!)
    Já planifiquei o meu menu, tenho noçao de como quero organizar todo o meu site e as paginas que quero criar.
    Agora nao sei como avançar, tenho o site todo planificado mentalmente e sei como o quero colocar, desde as imagens que quero usar , ate as cores de fundo mas nao sei como passar isso para o papel …
    devo fazer um esboço de cada pagina ? com as imagens e os textos de quero incluir ou apenas alguns topicos e notas serao suficientes para conseguir planificar corretamente o meu site ?

Deixe uma resposta