fbpx

IMPLEMENTAR O RGPD NÃO TEM QUE SER COMPLICADO

Realizo um levantamento de todos os processos existentes na sua em empresa para encontrar a melhor forma de implementar o RGPD de forma ágil, segura e com custos controlados.

A nova directiva sobre a proteção de dados, adotado em maio de 2016, tem por objetivo preparar a Europa para a era digital através da implementação do RGPD
Mais de 90% dos europeus querem o mesmo nível de proteção dos dados pessoais em toda a UE, independentemente do lugar em que os dados forem tratados.

registro de tratamento de dados pessoais...

Complementando ao conceito anterior, o registro de tratamentos obriga as empresas a, além de controlar o acesso às informações, também manter um registro de como esses acessos foram feitas. Isso significa que qualquer uso e acesso deve ter um registro, mostrando quem acessou, o que acessou, por que acessou e quando acessou, entre outros​

CONSENTIMENTO

Em qualquer recolhimento de dados pessoais, as empresas deverão explicar quais dados irão recolher e para qual propósito estão recolhendo esse dado, devendo o usuário clicar em uma opção para confirmar que está dando o consentimento​

CONSULTA​

As empresas são obrigadas a fornecer os dados que possuem sobre um cidadão sempre que ele questionar;​

ESQUECIMENTO

Em qualquer recolhimento de dados pessoais, as empresas deverão explicar quais dados irão recolher e para qual propósito estão recolhendo esse dado, devendo o usuário clicar em uma opção para confirmar que está dando o consentimento​

PORTABILIDADE

Os dados de usuários e clientes também podem ser solicitados em formato de um documento. Ou seja, além de saber quais dados uma empresa tem sobre você, também pode pedir que eles enviem um documento – como uma planilha de Excel – com todas essas informações​

CONTROLE DE ACESSOS​​

Todos os dados pessoais devem ser controlados. Ou seja, um registro completo de quando as informações de um usuário foi utilizada​

DIREITO DE OPOSIÇÃO

Parecido com o conceito do esquecimento, mas sem que a empresa precise apagar os dados. Ao invocar o conceito da oposição, um cidadão pode solicitar a empresa que seus dados não sejam usados para nenhuma atividade, como quando um usuário não deseja ser contatado de maneira alguma, seja por telefone, SMS, WhatsApp ou email​

COMO FUNCIONA O RGPD?
Implemente bem o RGPD

Apesar de ser uma lei vigente na União Europeia, o alcance dela não se restringe aos 28 países-membros, mas a todas as empresas que possuem filiais na UE – inclusive as brasileiras – ou que ofertem serviços de coleta e tratamento de dados de cidadãos europeus. No Brasil, projetos de leis com propósitos semelhantes tem sido estudados e a chegada do RGPD pode acelerar essa discussão no país.